Escola Rural dos Lopes promove manhã de recreação para crianças de Primeira Cruz


A Escola da Pública Estadual Rural dos Lopes, da cidade de Primeira Cruz, ofertou na manhã de hoje, 23, diversas atividades recreativas que compuseram um dos mais importantes eventos escolares da cidade: a Ação Social do Dia das Crianças. Uma iniciativa da gestão da Escola e organizada exclusivamente por alunos do Ensino Médio. A supervisão do evento, sob orientação do professor Murilo Pinheiro, garantiu a realização de uma excelente recreação com muita diversão para a garotada.



Foram atendidas cerca de 200 crianças e ofertadas 20 brincadeiras, de acordo com o professor Murilo Pinheiro. As ações receberam o suporte da Prefeitura Municipal por meio do Salão de Leituras oferecido pela Biblioteca Pública Municipal, além da Secretaria Municipal de Educação, com apoio na divulgação entre as escolas municipais.


O evento


Organizado por estudantes de Ensino Médio da Escola, o evento tem por objetivo ofertar oportunidade recreativa para as crianças, além de promover uma formação cidadã para os alunos que organizaram. As parcerias firmadas e a organização em suas inúmeras dimensões, possibilitaram que os discentes pudessem observar um mundo de possibilidades de atuação social.


A Escola


O “Rural”, como é conhecida, não só pelo nome inicial da Escola “Rural dos Lopes”, mas apelidada de forma carinhosa pelo primeiro nome, oferta tradicionalmente esse evento para as crianças. É uma oportunidade de atuar socialmente na cidade. “Nossos alunos foram verdadeiros protagonistas dessa ação. Desenvolveram. Não só organizaram, como divulgaram e correram atrás de recursos e patrocínios”, finalizou o professor Murilo.


Um mapa da criançada


Não são necessários muitas fontes e pesquisas rebuscadas para compreender a realidade local, contudo, escolhi um estudo recente (2020) realizado pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal | Organizado por Datapedia.info. No estudo, recortei detalhes que se referem à primeira infância (período que compreende os anos iniciais das crianças – 0 a 6, normalmente, enquadram esse perfil) e que mostraram percentuais negativos com relação à taxa de atendimento em creche, taxa de atendimento em pré-escola e notas do IDEB, entretanto, há um esforço da Secretaria Municipal de Educação no sentido de romper com inúmeras dificuldades que fortalecem as barreiras da qualidade educacional e de vida das crianças primeira-cruzenses. Para conferir, na íntegra, esse estudo, acesse: https://primeirainfanciaprimeiro.fmcsv.org.br/municipios/primeira-cruz-ma.