Autor da obra Memorial de Primeira Cruz é homenageado na UFMA pelos 200 anos da imprensa maranhense


O escritor, jornalista e professor primeira-cruzense Alberico Carneiro, da família Carneiro, é homenageado na noite de hoje, 21, na solenidade de entrega da Comenda dos 200 anos de Fundação da Imprensa no Maranhão. O evento ocorrerá no Centro Pedagógico Paulo Freire, com início às 18h, com transmissão no Canal Institucional da UFMA, no YouTube.

Alberico Carneiro é poeta, romancista, escritor jornalista brasileiro com vasta experiência literária. É editor do suplemento cultural e literário Guesa Errante, do Jornal Pequeno. Dirigiu o setor de Editoração e Assuntos Culturais do Serviço de Imprensa e Obras Gráficas do Estado (SIOGE), tendo criado, na entidade, o suplemento Vagalume, em 1988, órgão premiado nacionalmente. É o autor de, entre outros títulos, O Andrógino (1975), O Jogo das Serpentes (1985), As Damas Negras em Noite de Núpcias (1994), Ilha do Amor: tratado do amor natural (2013).